terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

MUITO OBRIGADO

Aqui deixo a alguém (AMIGO) muito especial um poema que bem merece. É a minha homenagem possível, modesta, mas sincera.

Por muitos anos que viva, ficarei sempre em dívida pela amizade e carinho, disponibilidade e pela entrega que me dispensou durante uma semana.

E aqui o tempo vale pouco. Uma semana que valeu mais que muitos meses em outros namoros.

Sem ter recebido nada em troca, deu-me tudo, proporcionou-me tudo, abdicou de tudo para eu me sentir bem, para o meu conforto e bem estar, para me sentir feliz e conseguiu.

É esse OBRIGADO que quero deixar aqui. Obrigado "Generosa".



                                           PALAVRAS DITAS E SENTIDAS

És pedra preciosa
reflexo de um imaginário,
a cura milagrosa
impressa no meu Diário.
Jamais serás mais uma,
farás sempre parte de mim,
como o edílico de uma duna
ou o cheiro do Alecrim.

És amor, ternura, paixão,
és uma flor única no jardim;
na paisagem silvestre dirão,
mas um malmequer para mim.
Serás odor, fantasia, amor,
serás o que Deus quiser.
Fantástica mulher, sim, Senhor,
faça-se o que se fizer.
O amanhã ninguém sabe
o que fará desta amizade;
Para já no coração cabe
um imenso obrigado até à eternidade.
 Cpontoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário