quarta-feira, 24 de julho de 2013

ILHA DO PICO



Recebi um email com estas imagens da Ilha do Pico e não pude ficar indiferente.

O power point tem o mesmo título que a poesia e aqui fica a minha homenagem àquele que foi eleito o meu lugar de sonho.

A PÉROLA NEGRA DO ATLÂNTICO

Sim, diz-me muito esta terra negra de paixão
que conheci e vivi, onde a vida parece parar,
mas tive de partir e deixar,
porque a vida é como um vulcão:
hoje activo, amanhã não.

E nos silêncios da vida,
olhamos para trás e sorrimos
porque um dia partimos,
mas a terra ainda lá está.

Feita de rocha, pedra sobre pedra
pelo mar moldada e sofrida
ainda a sentimos presente
como um sopro de ar que se sente
numa brisa amena e querida.

Cada recanto reconhecemos
e deslumbra-nos ainda:
cada casa, cada porta, cada olhar;
um dia, com certeza
perante tanta beleza
voltaremos para a abraçar.

CA

Dedico esta poesia à minha filha cujo nome o deve a um lugar desta terra.

PS: Os créditos do Power Point estão no filme a quem agradeço.